DESENVOLVENDO ESTRATÉGIAS INOVADORAS

CONQUISTANDO RESULTADOS

Engenheira Mayhara Chaves é a primeira mulher a presidir a ABEPH em 62 anos de história.

                  Em  62  anos  de  fundação,  a  Associação  Brasileira  de Entidades Portuárias e Hidroviárias (ABEPH) terá, pela primeira vez, uma mulher na presidência. A engenheira Mayhara Chaves, que também é a primeira mulher à frente de uma Companhia Docas (Ceará) na atual gestão do Governo Federal, substitui o engenheiro naval Casemiro Tércio Carvalho e assume como 20ª presidente no biênio 2020-2022. Uma de suas primeiras ações será trazer de volta as hidrovias para a associação. A posse aconteceu na manhã desta quarta-feira, 06 de maio, durante reunião mensal (online) dos associados dos portos públicos e delegados do país, tendo na vice-presidência Rogério Amado Barzellay, diretor de Engenharia e Manutenção da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina – APPA.

                 Mayhara Chaves, que em junho do ano passado assumiu a presidência da Companhia Docas do Ceará, aceitou mais este desafio  em  sua  carreira  por  acreditar  que  a  ABEPH têm muito a

contribuir por uma gestão cada vez mais técnica dos portos públicos e delegados (16 no total), bem como das hidrovias.

           

             Entre as suas experiências profissionais anteriores, estão: diretora de Planejamento e Desenvolvimento da Companhia Docas do Espírito Santo; subsecretária de estado de Comércio Exterior e Relações Internacionais no Governo do Espírito Santo; especialista em Transporte Pleno IV na Secretaria de Portos da Presidência da República e assessora master de Conselhos e Câmaras na Federação das Indústrias do Espírito Santo.

            Formada em Engenharia de Produção pela Faculdades Integradas Espírito Santense – FAESA  (Vitória-ES), Mayhara Chaves fez MBA em Gerenciamento de Projeto pela Fundação Getúlio Vargas (Vitória-ES); Pós Graduação em Logística pela FAESA; Especialização em Gestão Portuária no Porto de Rotterdam e em Logística Portuária na Bélgica.

 

ABEPH: Na Associação, Mayhara Chaves já exerceu a função de diretora Administrativa Finaceira entre janeiro e outubro de 2018, cargo hoje ocupado pelo superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Werner Salles. No Conselho Fiscal, permanece o diretor comercial da Companhia Docas do Ceará, Mário Jorge cavalcanti, o Diretor Presidente do Porto de Imbituba, Jamazi Alfredo Ziegler e o Diretor de Portos Interiores da Superintendência do Porto do Rio Grande, Bruno Gonçalves Almeida.

Sr. Tarcísio Gomes de Freitas é o novo Ministro do Ministério da Infraestrutura

            Natural do Rio de Janeiro (RJ), Tarcísio Gomes de Freitas é formado em engenharia civil pelo Instituto Militar de Engenharia (IME). É pós-graduado em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getulio Vargas (FGV), em Gestão de Cadeia de Suprimento e Logística pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército e bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras. Tem 43 anos de idade.

      Servidor de carreira vinculado à consultoria legislativa da Câmara dos Deputados, foi secretário de Coordenação de Projetos na Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI); diretor-executivo e diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit); e chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil na Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti entre 2005 e 2006. Também atuou como auditor da Controladoria Geral da União (CGU).

        O Ministro terá como prioridade destravar os projetos de melhoria da logística do país, remover entraves burocráticos e reduzir exigências para a participação do setor privado em novos empreendimentos.

Reunião no MTPA aconteceu ontem (10/07/2018), para decidir sobre Grupo de Trabalho.

 

Presidente da ABEPH se reuniu com demais integrantes

 

           A Associação Brasileira das Entidades Portuárias e Hidroviárias (ABEPH), foi representada pelo Sr. Presidente José Alex Botêlho de Oliva, em reunião no Ministério dos Transportes, Portos e Aviação (MTPA), para definir o Grupo de Trabalho para acordo coletivo trabalhista. 

ABEPH inaugura sede em Brasília

 

Novas instalações da ABEPH aproximam a instituição da sede do Governo Federal

 

           A Associação Brasileira das Entidades Portuárias e Hidroviárias (ABEPH), entidade que reúne as principais companhias docas e portos do Brasil, está agora sediada em Brasília, capital federal. A nova sede da entidade foi inaugurada nesta terça-feira, 02/05.

              De acordo com o presidente da ABEPH e também diretor da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Oliva, a mudança da sede do Rio de Janeiro para o Distrito Federal tem o objetivo de aproximar a entidade das decisões governamentais em defesa do setor aquaviário brasileiro.

               A ABEPH foi fundada em 3 de março de 1958 no Rio de Janeiro, reunindo os portos públicos para debater e enfrentar as principais questões portuárias nacionais. Em janeiro deste ano tomou posse sua diretoria para este biênio 2018-2019, que, além de José Alex Oliva, conta com o vice-presidente Ted Lago, presidente da EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária (Porto do Itaqui) e com a Diretora Administrativa-Financeira Mayhara Monteiro Pereira Chaves.

               Estiveram presentes no evento de inauguração os representantes dos portos associados e das principais entidades representativas do setor portuário. Leandro Vargas, assessor do Ministério dos Transportes Portos e Aviação Civil (MTPA), representou o Secretário Executivo do MTPA, Herbert Drummond. Também esteve no evento o diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Adalberto Tokarski.

OBJETIVOS

 

A Associação tem por finalidade a defesa e a coordenação de interesses, o intercâmbio de informações sobre quaisquer assuntos de natureza portuária, abrangendo estudos, pesquisas sobre aspectos técnicos, econômicos e jurídicos que possam concorrer para o aprimoramento dos métodos de construção, de operação, de administração das instalações e serviços portuários e ainda a solução de questões portuárias brasileiras através do estudo e o debate em congressos ou reuniões específicas de seus associados.

 

© 2018 by ABEPH.